quinta-feira, 24 de maio de 2012

Treinador do Benfica "apanhado" a fazer gestos obscenos

Os incidentes no Dragão Caixa, após a partida entre o FC Porto e o Benfica, que deu o título de campeão nacional de basquetebol aos encarnados, promete continuar a dar que falar.

Depois de os dragões terem dito, através de um comunicado, que "o treinador Carlos Lisboa, do Benfica, podia perfeitamente festejar a vitória de forma urbana e civilizada", o Porto Canal divulgou imagens onde se pode ver o técnico encarnado a celebrar o triunfo com gestos obscenos, que foram interrompidos pelo capitão do FC Porto, Nuno Marçal, que revelou que foi pedir respeito a Carlos Lisboa.

O FC Porto queixou-se, ainda, do roupeiro do Benfica, que, segundo o mesmo comunicado, "arremessou objectos para a bancada e originou um clima de tensão que inviabilizou a entrega da Taça", embora as imagens televisivas revelem que pelo menos um adepto já tinha lançado um objecto para o recinto de jogo.

Fonte

video

Filipe Vieira: “Um ladrão não deixa de ser ladrão por declamar poesia”



O presidente do Benfica afirmou que os incidentes de quarta-feira no pavilhão Dragão Caixa, no Porto, foram “uma vergonha para o desporto e para o país”.

O que se passou é uma vergonha para o desporto, para o país e para as instituições desportivas. Só não é uma vergonha para quem não tem, nem nunca teve vergonha na cara”, afirmou Luís Filipe Vieira, num discurso proferido no camarote presidencial do Estádio da Luz, onde o dirigente recebeu a equipa de basquetebol, que quarta-feira se sagrou campeã nacional.

A formação “encarnada” conquistou o 23.º título da sua história, ao vencer no pavilhão do FC Porto por 53-56, no quinto e último jogo dos “play-off” da Liga portuguesa. No final do jogo, o arremesso de objectos, incluindo cadeiras, no pavilhão Dragão Caixa impediu a entrega do troféu de campeão nacional e obrigou o Benfica a sair de campo sob protecção policial.

Ainda têm a lata de falar em apagões quando a sua história foi marcada por fruta, corrupção e compadrio. O seu sucesso é e foi construído com base na maior mentira do desporto português”, frisou Vieira.

Sem nunca identificar directamente os alvos das suas criticas, o presidente do Benfica considerou que o “sistema ainda não acabou” e que continua baseado “na intimidação, na violência e nos favores”.

Na vida, como nos livros, um ladrão não deixa de ser ladrão por declamar poesia, ou por ir ao Papa. Um fugitivo da justiça não o deixa de ser apenas porque alguns juízes decidiram assobiar para o lado”, referiu.

Luís Filipe Vieira garantiu ainda que o Benfica “não vai parar enquanto não limpar o desporto português”.

As nossas razões podem não chegar à UEFA, como não chegaram as escutas da fruta, como não chegaram para a justiça portuguesa as escutas do café com leite, mas nós não vamos parar enquanto não limparmos o desporto português”, concluiu o dirigente máximo do clube da Luz.

Fonte

Previsivelmente . . .












Pinto da Costa aos berros com a polícia

O Benfica ganhou o título de basquetebol no Dragão. Depois do jogo, os atletas do Benfica foram agredidos pelos adeptos do FC Porto.

Em baixo está uma foto do Pinto da Costa depois do jogo.



A minha sugestão é treinarem o Pedro Proença de modo a que ele comece a arbitrar os jogos de basquetebol do FC Porto.

terça-feira, 8 de maio de 2012

João Gabriel: "Classificação deste campeonato está aldrabada"

Pelo menos um dos dirigentes do Benfica diz a verdade sobre farsa que foi este "título" do FC Porto. O que me espanta é que haja tantos benfiquistas que continuem a olhar para dentro quando o problema do Benfica este ano não foi o futebol mas sim as ajudas que o FC Porto teve durante toda a época.

domingo, 6 de maio de 2012

sábado, 5 de maio de 2012

O feiticeiro de Setúbal sagrou-se campeão em Espanha

O que se adivinhava, aconteceu: Big Mou destronou Pep Guardiola como campeão de Espanha. Com este título, consegue ser campeão nacional no 4º país distinto (Portugal, Inglaterra, Itália e Espanha) e o primeiro português a ser campeão como treinador em Espanha.

Apesar disto, e de toda a euforia que se gerou em torno da equipa, o Barcelona é melhor equipa e o Messi é melhor jogador.



Morreu Rashidi Yekini

Rashidi Yekini, antigo jogador nigeriano do Vitória de Setúbal, faleceu esta sexta-feira, aos 48 anos.

Segundo a família, o jogador, vencedor da Taça das Nações Africanas em 1994 pela Nigéria, morreu de uma doença rara, em Iraa, no norte do país.

O jogador que representou o V. Setúbal durante 5 temporadas (entre 1990 e 1994, e na época 1996/97), também alinhou nos espanhóis do Sp. Gijón, nos gregos do Olympiacos, nos suíços do FC Zurique e do Biizertin, e terminou a carreira nos nigerianos do Gateway FC, em 2005.

Yekini sagrou-se no melhor marcador da Liga portuguesa na última temporada ao serviço dos sadinos, com 34 golos.

O corpo do antigo avançado sadino será cremado no sábado em Offa, seguindo a tradição muçulmana da família.

Ao serviço da seleção nigeriana, Yekini foi 58 vezes internacional e marcou 37 golos, ajudando as "super águias" a chegar ao seu primeiro mundial, em 1994, ano em que foi eleito o melhor jogador africano.

Fonte

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...